domingo, 21 de junho de 2009

Tristeza

É tanta tristeza.
Há uma tristeza tão grande,
em mim,
que me perco,
não sei mais onde ir,
não sei nem bem quem eu sou.
Não tenho ninguém comigo
para contar o que acontece.
A emoção me toma por completo
e tenta fazer com quem me esqueça de tudo,
até de mim, então choro.
Choro por tudo que ainda não fiz.
Choro por todo este amor perdido.
Choro por tudo que foi idealizado
e ainda não se concretizou.
Choro por todos os sonhos sonhados
que pelo ralo se escoam.
Choro, porquê sei que ainda me amas.
Choro, porquê eu também te amo.
Choro, porquê te espero.
Choro, porquê te quero.
Só seus sentimentos
podem me libertar da dor.
A noite,
em silêncio,
busco teu olhar,
mas você não está.
Tenho um sonho lindo para viver,
e não queria partir sem o ter vivido.

Nenhum comentário: