sexta-feira, 18 de outubro de 2019




Mea culpa



Para que tanta violência
Neste mundo de ilusão
Isto só gera mais carência
No vazio coração

Por que tento ser maior
No meio de tanta gente
Enquanto para o outro for o pior
Eu fico mais contente

Satisfação na desigualdade
Todo mundo tem um, "Não!"
O que importa é a vaidade
E recusar um irmão

Vamos nos iludindo
Achando o que é certo
E a vida vai-se indo
Afastando o que era perto

Enquanto o mau se vinga
Daquilo que não possui
Carregamos mais na tinta
No mundo que só exclui

Faço aqui a mea culpa
A tantos outros sou igual
Mas isto não pode ser desculpa
E achar que é natural

Pequenas mudanças de gestos
Uma outra forma de olhar
Pode mudar o resto
E um novo mundo imaginar.

quinta-feira, 17 de outubro de 2019


Nós


Como um beija- flor
Provei de muito mel
Pousei de flor em flor
Até encontrar o fel

Como um barco errante
Em vários porto cheguei
Nem era um navegante
Mas me sentia um rei

Como uma lua
Muitas noites iluminei
Depois me via nua
E eu tanto amaldiçoei

Andanças sem destino
Prazeres momentâneos
Coisas de um menino
Que só pensa no instante

Hoje calejado
Com o que a vida ensinou
Só quero estar ao teu lado
Que tanto me cativou

Esqueçamos as flores
Deixemos o barco ancorado
Na lua largaremos as dores
Seremos só dois namorados.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019



Lembrança



Eu te chamo de lembrança,
Pedaço de mim que deixei,
Em algum canto desta andança
De um mundo que eu não sei.

Lembrança é uma memória
Que já doeu como saudade
Que faz parte da história
Mas que hoje não dói de verdade

Fica apenas um buraco
Toda vez que nela pensamos
É como um pano de trapo
Que costuramos e costuramos

E de tanto remendo feito
Não dá mais para remendar
Tem de ser assim deste jeito
Que a temos de guardar

A dobramos com cuidado
E colocamos numa gaveta
O deixamos bem guardado
Para que nada lhe aconteça

E fica ali esta lembrança
Por um tempo infinito
Hoje não participa da dança
Mas ainda é o mais bonito.

terça-feira, 15 de outubro de 2019


Não vou



Eu não quero ir
Para onde tentam  me levar
Ainda vou ficar aqui
Tenho muito que falar

Lá o frio impera
Aqui é bem melhor
Que fique longe, na espera
Aqui há amor ao redor

Tem gente que fica torcendo
Para eu logo me mudar
Esquecem que estou vivendo
Com quem eu posso contar

E não fico abandonado
Nem um segundo sequer
Andar com Deus ao lado
É tudo que se quer

Ilumina minha vida
Vamos juntos, de mãos dadas
A vida é para ser vivida
E não para ser entregada.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019


Cheguei


E assim eu cheguei
Sem nada fui vindo
Não era um rei
Mas era bem-vindo

Vivi a infância
Era bom demais
Não dava importância
Ao que a vida me trás

Era natural
Nós termos amigos
A vida afinal
É só para rirmos

Mas a gente cresce
E perde o encanto
Na vida padece
Relembra do pranto

Queria crescer
Mas sendo criança
Voltar renascer
Em nova esperança.

domingo, 13 de outubro de 2019



Confiança


Senhor, em Ti confio
E a Ti me entrego
Mergulho neste Teu rio
E a Ti  nunca nego

O Senhor me mantém na fé
Para não me deixar cair
E este manter de pé
É o que me faz sorrir

És a força e esperança
O que não nos pode faltar
O que nos dá a segurança
De que tudo vai passar

Para Ti não há barreiras
Que não Possas derrubar
Para Ti não há fronteiras
Que não Possas atravessar

És aquele que nos socorre
Mesmo que não estejamos certo
Aquele que nunca morre
E só vive bem de perto

Guardado dentro do peito
Em um lugar mais seguro
A Ti eu sempre aceito
Naquilo que é mais puro.