sábado, 20 de junho de 2009

Noite

Na solidão da noite,
rolo na cama,
sentindo coisas sem explicações,
coisas do amor.
Tenho muito frio,
a solidão vem
e me abraça forte,
as lágrimas me cobrem,
como cobertor,
tentando fazer
com que me aqueça
e te esqueça.
Tentando fazer
com que esqueça
toda esta angústia
de não te ter
ao meu lado.
O coração aquece,
pensando em você,
não consigo te esquecer.
Quero deitar a sombra
tranqüila,
da luz,
de todo
o seu amor
e poder adormecer
na paz.

Nenhum comentário: