terça-feira, 23 de junho de 2009

Sou

Sou reflexo no mar.
Sou um brilho no ar.
Sou imagem a vagar.
Sempre a procurar.

Sou busca constante.
Sou ser errante.
Sou obra famosa de Cervantes.
Complicação instigante.

Sou sede na fonte.
Sou calor sufocante.
Sou bandeira tremulante.
Sou só mais um mutante.

Sou curva adiante.
Sou ave avoante.
Sou amado amante.
Com alma ofegante.

Sou irmão.
Sou coração.
Sou devoção.
Sou poeta na unção.


Sou perdido.
Sou banido.
Sou abatido.
Sou um anjo caído.


Sou perseguido.
Sou escondido.
Sou corpo abatido.
Sou coração ferido.


Sou homem.
Sou mulher.
Sou alguém,
Para o que der e vier.

Sou assim.
Assim sou.
Vivo assim
E aqui estou.

Nenhum comentário: