sexta-feira, 5 de junho de 2009

Arte

O amor é uma arte,
a arte do impossível.
Amar é uma dádiva
a dádiva de que tudo
será possível.
Vivendo de dádivas,
e na arte,
levo meu amor,
bem junto do peito,
em cima,
e na frente
de meu coração,
para quem dele
tentar se aproximar
veja de longe,
quem o habita,
soberana,
rainha,
e única dona dele.

Nenhum comentário: