quarta-feira, 24 de junho de 2009

Queria

Queria poder te pegar no colo
e te acalmar,
mas não posso.
Queria poder te dar
um pouco de paz,
mas não deixam.
Queria poder te tirar
todo o peso que deixei em ti,
mas não consigo.
Queria te ter eternamente,
mas a vida não deixou.
E partimos na mesma estrada
em caminho paralelos
com uma grossa parede de vidro
a nos separar.
Nos vemos, e só,
só o que nos resta é nos vermos
e compartilharmos nossa dor.

Nenhum comentário: