domingo, 1 de março de 2009

Mando-te

Mando-te meus desejos
naquela nuvem
e que Deus sopre-a
ao encontro teu.
Meus sonhos sonhados
não voltam mais.
Novo sonhos terei,
eu sei,
e serão junto a ti,
e se não os forem
não poderei sobreviver,
pois estarei
sem um coração
a pulsar no peito.
O teu nome eu não sabia
e hoje soluço
pensando em teu rosto.
A vida e tão pequena
para conter todo este meu amor.

Nenhum comentário: