quinta-feira, 7 de agosto de 2008

O Amor

O amor comeu minha vergonha de dizer : “- Te AMO ! “
O amor roubou minha carência e deixou no seu lugar esperanças.
O amor comeu meu peito e no vazio deixado encheu de saudades.
O amor comeu meu coração e colocou no seu lugar
Um rosto . . .
Um gosto . . .
Uma paixão.

Nenhum comentário: