quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Poesia

A poesia
se dá por completa
Ali,
acima,
além.
Despojada de tudo
e para todos
E ali,
acima,
além,
acima do além
Me acho junto de ti.
E minhas poesias
nascem
e morrem.
Ali,
acima,
além.
Encontrei algo novo
Algo belo
Com uma
tranqüilidade preocupante
ou com uma
preocupação tranqüila.

Um comentário:

Marlene disse...

Gosto muito desse tipo de rima em versos curtos . São melódicos pra mim. Leio e canto ao mesmo tempo. Ainda assim está matizado pelo fundo de sua criaão poética no momento que entendo será idílio??? Hum estou curiosa... rsrs
Beijos