quinta-feira, 29 de maio de 2014

Te amar




É bom como tomar sorvete,
Ou banho de cachoeira.
Como água que mata a sede,
Ou sombra nesta soleira.

É belo como céu enluarado,
Ou  por do sol em Ipanema.
Como filho recém chegado,
Ou uma tarde no cinema.

É gostoso como pisar na grama,
Ou rede depois do almoço.
Como pular tarde da cama,
Ou acabar com o que é saudoso.

É demais como ganhar na loteria,
Ou uma viagem para uma praia isolada.
Como uma mão que acaricia,
Ou um beijo como na sua chegada.

É maravilhoso como tudo que há,
Ou uma vida ilumina.
Como é bom amar,

Você minha menina.

2 comentários:

brisonmattos disse...

ai que poema mais fofinho!
Como é bom tudo isso, né? Seria melhor com o amor da gente do lado.

Rosa Azul disse...

Êta Menina de Sorte essa, só ganha poesia bonita, né?