quarta-feira, 7 de maio de 2014

Só por amar.




O amor é para a vida.
Um desejo, um favor,
Escolhe uma alma perdida,
E se encosta com calor.

Quando chega este momento,
Nada há para fazer.
Começa ai o tormento,
De se querer só por querer.

O coração não se cala,
Parece do peito sair.
O boca já não mais fala,
Só fala do seu sentir.

E nesta explosão radiante,
De variados sentimentos.
Só se quer ir adiante,
Perpetuar este momento.

Você não escolhe o amor,
É ele quem te escolhe.
Seja do jeito que for,
Vai te sorvendo aos goles.

Então tudo se perde,
Falta até o chão.
Mesmo que  você só herde,
O que há no coração.

O amor vai te tomando,
E você se deixa lá.
Quieto só amando,

Amando só por amar.

2 comentários:

brisonmattos disse...

rs. Lindo!

Tatiana Moreira disse...

"Você não escolhe o amor,
É ele quem te escolhe."
Isso é o que maltrata o coração!