sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Segredos



A vida perdeu sentido,
Não sei mais o que falar.
Com o coração abatido,
nem mesmo dá prá pensar.

O chão se funde em ar,
O corpo é pesado.
Jogado, não sei mais voar,
No rodamoinho do passado.

Vou até o fim,
Sem nunca achar.
O que será bom para mim,
O que possa acalmar.

Perdi o medo de sofrer,
E a vergonha de chorar.
Só desejo agora viver,
E as feridas poder curar.

Da dor
não tenho mais medo,
Basta guarda-la,
junto de meus segredos.

Se algum dia aparecer,
Um caminho novo trançado.
Nele feliz vou viver,
Como se um mundo tivesse acabado.







Nenhum comentário: