sábado, 30 de maio de 2009

Inexplicável

Há certas coisas que não entendemos,
elas são inexplicáveis,
por mais que tentem
ninguém pode explicar
ou mostrar uma razão.
Por mais que você
tente buscar uma explicação ou razão
também para tentar entende-las,
não as tem,
elas simplesmente acontecem.
E na falta de uma razão
ou de uma explicação,
nasce a dor dentro do peito,
uma angustia brota e sufoca.
Na garganta deixa uma dor
de não poder dizer te amo,
de não poder gritar te amo.
Tenho tanta gente a minha volta,
olho e não encontro você.
Procuro, busco atentamente
e não te vejo, fisicamente, ao meu lado.
Dos olhos, então,
surge uma lágrima,
é como se fosse
um grito desesperado
de minha alma
chamando por você.

Um comentário:

Marlene disse...

Uau essa tá show muito show!! Caramba amigo tem cadência ritmada! Muito incrível.. vou colocar essa lá Nas Unhas eita nós!!!
Beijos amigo querido!