quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O Sol e a Lua





Do sol não quase falo,
Prefiro mais a lua.
Com o sol eu me calo,
Na lua te vejo nua.

O sol é vaidoso,
A todos quer tocar.
A lua é para poucos,
Só para quem dela gostar.

O sol reina por inteiro,
Aquecendo os quatro cantos.
Já a lua é passageiro,
Deixa e leva seus encantos.

O sol é necessário,
Para o corpo aquecer.
A lua é o contrário,
Ela faz eu não te esquecer.

Com o sol me levanto,
Para a vida poder levar.
Já na lua é meu descanso,
Para contigo sonhar.

Tanto sol como a lua
Cada qual tem seu encanto.
Como a alma minha e tua
Que só vai nos enganando.

Um comentário:

brisonmattos disse...

é verdade. rs Lindíssima poesia.