sexta-feira, 17 de abril de 2009

Um poema de amor

Um poema de amor,
é o que respiro.
Tem cheiro de flor,
de amor-perfeito.
Tem até gosto,
de fruta madura
com todo o seu mel
a me lambuzar.
Um poema de amor,
é o que ouço
cantar em meu peito
há tanto tempo.
Canta peito,
canta alto,
Talvez possam escutar
você um dia
E cantar junto
toda sua canção.

Nenhum comentário: