quarta-feira, 22 de abril de 2009

Por onde andarei

Por mim pouco importa
os caminhos que ainda percorrerei,
desde que sejam ao teu lado.
Se houverem pedras,
e certamente haverão,
elas serão contornadas.
Se houver chuva forte
elas serão recolhidas e guardadas
como troféus de nossa vitória.
Moraremos no mundo.
Comeremos o sol.
Nos cobriremos com a lua.
Teremos o vento
como nosso despertador
a nos avisar de que
uma nova batalha irá começar,
só para nos desafiar,
para desafiar o nosso amor.
Tentarão nos cruzar as costas com cicatrizes,
Mas não conseguirão.
Se forem deixadas marcas
Elas só nos lembrarão,
por toda a vida,
do quanto nós nos gostamos,
do quanto nós nos amamos.
Do quanto nós brigamos
Pelo nosso amor.
Por onde andarei,
Não sei,
Se for ao teu lado
Irei contente.

2 comentários:

Nosalai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nosalai disse...

Comeremos Sol Lindo! Ah o amor é luz! Se for ao lado estarei contente o colorido da vida que vem de dentro pra fora e o estar contente se ao lado de nosso amor! Ah Older as vezes a nossa alma gêmea não nos encontra nessa vida. Em mim tá sempre faltando um pedaço! Encontro explicações na sua poesia!
Um beijo

27 de Abril de 2009 17:56