terça-feira, 14 de abril de 2009

Lembranças

Onde estais que nunca mais a vi.
Ainda existe a nossa história?
Ainda perduram nosso risos?
Nossos encantos onde estão?
Lembrei de nossa rua,
Em cada fenda da calçada
está guardada parte de nossa felicidade.
Em cada janela estará para sempre estampada
Uma face de espanto com todo o nosso amor.
Em cada sombra do luar
estará nossa imagem,
escondida, buscando um cantinho
para trocarmos abraços.
Andei por lá,
e só vi escombros
do que era a rua mais linda,
não cuidaram dela
como cuidávamos,
no nosso tempo.
É, nosso tempo passou,
Assim como passam
As nuvens no céu,
Só as olham quando elas estão escuras,
Carregadas, prenunciando muita chuva.
Quando são brancas,
parecendo algodão,
não se dá tanta importância,
só queremos olhar
o que há de ruim nas nuvens.

Um comentário:

Renata disse...

Talvez ela ainda esteja lá...talvez seja voce que não mais a vê...Talvez...