sexta-feira, 10 de abril de 2009

O Dia.

O dia, para quem ama,
Sempre é claro.
Sempre todas as portas estão abertas.
Rubros são os vestidos,
Soltos estão os cabelos ao vento,
Sorrisos e mais sorrisos
Fazem parte deste dia.
Gentilezas e carinhos preenchem
Todas as horas deste dia.
Flores então nem se fala,
Seus perfumes inebriam a todos.
Assim é o dia de quem ama.
Assim é o meu dia
Quando abro meus olhos
e te vejo pela manhã.

Nenhum comentário: