quarta-feira, 22 de abril de 2009

Procura

Onde estavas
quando te procurei.
Das mulheres que encontrei
você é diferente.
Você é ilusão,
sonho distante,
Amor amante.
És um anjo
Na real descrição da palavra,
um ser imaginário,
que só pode existir em sonhos.
Um encanto
que habita o sonho meu.
E eis que te encontro,
Jogado que fui pela vida,
Já não sou mais o mesmo
a partir de agora,
Não pertenço mais a mim
ou ao meu corpo,
Pertenço somente a ti.
Fazes de mim o que quiseres,
Pois de mim
eu mesmo já me fiz
em fantasias
e entreguei-me a ti
por toda uma vida.

Nenhum comentário: