sexta-feira, 10 de abril de 2009

Momentos

Neste momento não desejo ser poeta
Ou ser o dono das belas palavras compostas.
Neste momento quero ser simples.

Nestes momentos desejos e volúpias acontecem
Nas sombras de minha alma, quando te vejo,
Nestes momentos desejo ser calmo.

Nestes momentos tudo ferve a minha volta
E quero somente a tua tranqüilidade em mim,
Nestes momentos só quero a paz.

Nestes momentos me encontro em você
E nossos encontros não podem acontecer,
Nestes momentos quero morrer.

Nestes momentos, amor, tudo vira cinza
Tudo queima, tudo arde, tudo é fogo e paixão.
E nestes momentos só quero você.

Nenhum comentário: