sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Encantamento

Por que você se faz assim,
tão bela para mim,
todas as manhãs
se estás tão distante.
Me perco logo cedo
entre seus os cabelos
e seus lábios tão macios.
Você está tão perto
e ao mesmo tempo
tão distante de mim.
Acho que paixão assim
não acontece sempre
ou melhor
só acontece uma vez na vida.
Palavras são sussurradas
com um olhar tão breve,
tão breve,
quanto breve foi o meu encantamento
por você.
E assim,
em brevidades cotidianas
sigo minha vida
te tendo aos pouquinhos,
em dose homeopáticas,
cada dia um pouco,
e um pouco sempre.

Nenhum comentário: