domingo, 20 de setembro de 2009

Espera!

Espera!
Não se vá ainda,
sei que o sol já está se pondo,
mas não se vá ainda,
tenho de lhe mostrar
as estrelas e a lua
que surgirão em breve.

Espera!
Não se vá ainda,
sei que pensas que já é tarde,
mas deixa lhe falar
sobre todos os castelos lindos
que vi em meu caminho
até chegar a você.

Espera!
Não se vá ainda
sei que achas que já não tenho mais encantos,
que tudo que falei ou fiz já nada mais possui de belo,
mas deixa mostrar-lhe os encantos escondidos,
aqueles que tenho guardados só para você
e que os separei para uma ocasião especial.

Espera!
Não se ainda,
não é porquê o céu se encheu de nuvens negras
que a chuva não pode ser benfazeja
e trazer novas flores para o nosso jardim.

Espera!
Não se vá ainda.........
Espera.......

3 comentários:

Ava disse...

Me encanto o quanto sentimentos colocas em tuas palavras...

É como se voce gritasse à pessoa amada...

Fazemos isso... tetamos fazer... sempre...

Mas a surdez, penso eu, é o mal que afeta a humanidade...rs


Beijos!

Elcio Tuiribepi disse...

Espera é esperança, mesmo que toda surdez seja cega, e que toda cegueira seja surda, dialogos sempre serão possíveis...basta usar a linguagem do amor...um abraço na alma...bom domingo

Wanderley Elian Lima disse...

As vezes a chuva que pode cair da nuvens negras, podem fertilizar a terra.
Uma ótima semana para você.
Abração