sábado, 16 de agosto de 2014

Quem ?


Quem pôs em meu desejo,
A vontade de te amar.
Será uma forma de despejo,
De tudo que não posso gostar.

Quem tão grande te fez,
Dentro de meu pequeno coração.
Talvez como forma de lucidez,
Neste meu mundo de ilusão.

Quem traria tanta felicidade,
Para depois a retirar.
É mesmo uma enorme maldade,
Só para me maltratar.

Quem viverá por uma eternidade,
Escondido entre meus anseios.
Mas não na forma de saudade,
E sim como forma de devaneios.

Quem será capaz de com tal prazer,
Enlouquecer a uma pessoa totalmente.
Chegando ao ponto de se desfazer,
De tudo que havia guardado na mente.

Quem esvaziará um coração,
para ocupá-lo em um todo.
Só mesmo este amor de paixão,
Que neste peito é muito pouco.

2 comentários:

Anônimo disse...

hummmmmmmmmmm! Quem?

Anônimo disse...

queria poder cancelar esse comentário e todos os outros.
Queria não dizer mais nada. Quero.