quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Onde estamos ?



 
Onde estamos?
Pelo mundo perdidos?
Não nos encontramos,
Nem em nosso paraíso.

Vivemos duas vidas,
Como se uma ainda fosse.
Buscando nossas almas perdidas,
E um beijo bem mais que doce.

Vivendo num tempo vivido,
Que não apaga na mente.
Recuperando o tempo perdido,
Nas palavras deste demente.

Por ai devem estar,
Buscando nas suas lembranças.
Um calor que não vai apagar,
E que alimenta esperanças.

Onde nós estamos,
Que não mais nos vemos.
Estamos no mundo que criamos,
No amor que nós nos demos.

Um comentário:

brisonmattos disse...

nunca fomos nós,
e azar o seu se não entendeu.
Mas enfim, cada um carrega a poesia que quiser.