quinta-feira, 20 de março de 2014

Lavrando



Na montanha de minérios
Eu lavrei
E no meio de mistério
Encontrei
Uma linda pedra rara
Admirei
Como uma jóia cara
Eu guardei
Não podia ladipar
Aguardei
Ela bruta ao ficar
Assim terei
E na pedra encantando
Me deixei
Aos poucos me tomando
Me entreguei
E a rara pedra rica
Eu porei
Em um altar de sonhos
deixarei
todo dia lhe olhando
ficarei
e com o tempo passando
amarei


Nenhum comentário: