terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Amor de Paixão



Queria te dar,
Um sonho, uma prenda.
Uma roupa de amar,
Bordada com renda.

Com fio dourado,
Por mãos bem arteiras.
Num pano estampado,
Por uma rendeira.

Um pano florido,
De azul, encarnado.
Que faz mais bonito,
Estar ao seu lado.

E solto no vento,
Teu cabelo balança.
E no meu contento,
Eu viro criança.

Tu viras menina,
A idade não pesa.
Meu pensar alucina,
Coração acelera.

De sonhos vestida,
Te pego nas mãos.
És a minha vida,
Amor de paixão.

Um comentário:

Um Certo Vestido Azul disse...

Eita!