sábado, 25 de agosto de 2012

Sentimento reverso




Não é deixar de amar,
Mas continuar gostando escondido.
Sem muito demonstrar,
Com muito medo do perigo.

É ainda se dedicar,
Com um pouco de desleixo.
É não olhar no olhar,
Pois seria soco no queixo.

Por um deslize qualquer,
Ou uma palavra mal colocada.
Entorna o caldo e a colher,
É melhor ficar calada.

Não é desamor,
É sentimento reverso.
Tem um pouco do calor,
Escondido em cada verso.

E assim deve ser,
Para o bem geral.
Esconder por esconder,
Um sentimento natural.

Nenhum comentário: