sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Escreve-me




Escreve-me...
Uma palavra apenas,
Amena....obscena.
Uma palavra em forma de poema.

Escreve-me...
Uma palavra carinhosa,
Uma palavra tranqüila.
Uma palavra com cheiro de rosa.

Escreve-me...
Preciso ouvir suas letras,
Me fale de coisas bestas.
Nem que seja só nesta sexta.

Escreve-me...
Junte algumas letras magoadas,
E me conte de coisas passada.
De coisas mal acabadas.

Escreve-me....
Me fale um pouco da vida,
Sofrida, sentida.
Da vida que foi partida.

Escreve-me .......