sexta-feira, 13 de julho de 2012

Quarto Branco





É no escuro,
Deste quarto todo branco.
Que eu procuro,
Que apareça um novo encanto.

Alguém tão doce,
Bem menos explosiva.
Alguém que não fosse,
só uma passagem pela vida.

Alguém que ficasse,
por um tempo bem maior.
Alguém que pegasse,
o que tenho de melhor.

Alguém para compartilhar,
Na alegria ou então na dor.
Alguém que pudesse contar,
Seja aqui ou seja onde for.

Alguém com beleza singela,
Como a doçura de uma flor.
Alguém que seria aquela,
Que domaria o meu amor.

E neste branco quarto escuro,
Nos pensamentos sou envolvido.
Viajando no que procuro,
Pousando no que preciso.

E  na solidão do escuro,
Deste todo branco quarto.
Que eu busco o mais puro,
E onde eu também me acabo.

Um comentário:

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

É na solidão da noite que nos procuramos e perdemos.


Um beijinho com carinho
Sonhadora