sábado, 14 de julho de 2012

Despertar





Despertar,
e não te ver.
É desesperar,
a cada amanhecer.

Ferir,
sem ter perdão.
Quebrar,
o perdido coração.

Festejar,
A eterna solidão.
Cantar,
Sempre a mesma canção.

Que lindo é te olhar,
Para mim vindo.
Com um sorriso a me dar.
eu meu coração te sorrindo

Na pressa de voltar,
Erramos o caminho.
E agora como está,
Cada um no desvario.

Nenhum comentário: