sexta-feira, 16 de julho de 2010

Amor

Amor platônico,
Amor carnal.
Amor Infantil,
Amor espiritual.

Amor de riso,
Amor de entrega.
Amor de perigo,
Amor de espera.

Amor de encontros furtivos.
Amor de compreensão.
Amor de amores fugidos.
Amor de coração.

Amor de um segundo,
Amor que domina o mundo.
Amor de curiosidades,
Amor sem maldades.

Amor de carinho,
Amor de afagos.
Amor de beicinho,
Amor de abraços.

Amor maduro.
Amor de totalização.
Amor claro-escuro.
Amor de valorização.

Amor cúmplice.
Amor por amar.
Amor amiúde.
Amor de gostar.

Pode não ser eterno,
Pode não ser o ideal.
É o que vivo,
de uma forma sem igual.

Que amor mais doido é este !

3 comentários:

Pena disse...

Admirável Poeta Amigo:
Deu uma visão extraordinária do amor.
Tem uma sensibilidade extraordinária.
Perfeita.
Parabéns.
A sua capacidade poética é fabulosa. Perfeita.
Abraço amigo de parabéns sinceros pelo seu valor imenso.
Sempre e constantemente a admirá-lo pela ternura colocada nos seus poemas de deslumbre.

pena

Sublime!

Majoli disse...

Se amar assim é doido...ah então sou doida, pois amo amar desse jeitinho que tão belamente descrevestes.

Adorei o amor de beicinho...ah que lindo...

:)

Beijos meu amigo e um delicios final de semana pra você.

Sonhadora disse...

Meu querido
Uma bela forma de amor...pleno.

beijinhos
Sonhadora