segunda-feira, 26 de julho de 2010

Amo-te

Amo-te como ninfa.
Amo-te de forma plena.
Amo-te como deusa.
Amo-te de forma serena.

Amo-te como sempre amei,
Amo-te com ternura.
Amo-te como nunca serei,
Amo-te de alma pura.

Amo-te como criança.
Amo-te sem preconceito.
Amo-te na esperança,
Amo-te por te ter no peito

Amo-te como um homem
Ama a uma mulher.
Amo-te sem vergonha,
De sentir o que se quer.

Amo-te hoje,
E pretendo te amar amanhã, se der.
Se por acaso diminuir o amor
Vou buscá-lo onde ele estiver.

Amo-te linda pessoa.
Amo-te que chego a sofrer.
Amo-te de chorar escondido,
Que é para você não saber.

Amo-te assim,
Amo-te agora.
Amo-te prá mim
Amo-te sem demora.

Se você não me amar
de maneira tão intensa,
tentarei não reparar,
o meu amor compensa.

2 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido amigo
Um intenso amor neste poema, adorei.

Beijinhos
Sonhadora

brisonmattos disse...

NÃO.Você ama a idéia de amar e só por isso já acho lindo. Magnifica forma de expressar o amor...seja como for.Parabéns!