sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Ser Adulto

Ser adulto é muito chato,
Não quero ser mais não.
É discutir a toa,
é julgar de antemão.

É ser preconceituoso,
é ser egoísta.
É sempre querer ser jeitoso,
é botar tudo na lista.

Uma hora punição.
O que é que há com você?
Eu não fiz nada não,
Você não consegue entender?

Ser adulto é muito ruim,
é mostrar independência.
E levando a vida assim,
nos deixará muita carência

Uma hora eu me calo,
na outra quero muito te ver.
As vezes eu nem reparo,
no que faço com você.

Uma hora, queda de braço,
Na outra, muito prazer.
Uma hora, eu te rechaço,
Na outra, "ai que saudade d’ôce"

Se adulto é muito chato.
É difícil entender.
Uma hora faz um trato,
Na outra tem de desfazer.

O melhor é ser criança,
Só brincar e muito sorrir.
Ter sempre a esperança,
e o coração a florir.

Nenhum comentário: