segunda-feira, 4 de outubro de 2010

És livre......

És livre...
Livre para amar,
a luz do sol
ou a luz da lua.

És livre...
livre para sonhar,
em noite estrelada,
ou no meio da rua.

És livre...
Livre para andar,
Por entre o verde campo,
ou em noite escura.

És livre...
Livre para fazer o que quiser,
Ou lhe convier.
Só não caia na amargura.

És livre...
Livre como nuvem passageira,
Ao sabor do vento
Com pouca conjectura.

És livre...
E sempre serás.
Faz sua história
como muito lhe apraz.

És livre...
Como sempre quis ser,
Mas com sua liberdade,
O que farás?

Nenhum comentário: