sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Teimosia do Sonho







Eu teimo em viver num sonho,
e num sonho não é lugar para viver.
Mas é lá que eu me ponho,
e só eu sei bem porquê.

Lá não tem dor,
e tudo fica mais bonito.
Ali encontro meu amor,
lá é meu paraíso.

Tudo fica iluminado,
as cores são bem mais vivas.
O ontem nunca é passado,
O futuro não é tentativa.

No meu sonho tudo cabe,
Desde que seja eu e você.
E até que o sonho se acabe,
Não tem como se arrepender.

Por isto a teimosia,
De neste sonho querer viver.
Este sonho de fantasia,
Eu nunca vou esquecer.

Podem mil anos passar,
E outras tantas vidas eu ter.
Nada vai me desgrudar,
Deste sonho com você.

Um comentário:

brisonmattos disse...

Fica bem, tá? Por enquanto vou ter de cuidar de um quadro de pneumonia galopante(rs). Espero que eu sare logo para poder responder as gracinhas de poesias que você escreve. No momento não há tesão.