quinta-feira, 19 de abril de 2012

Em Preto e Branco

Em preto e branco,
Vejo uma foto,parecendo antiga.
Com um sorriso de encanto,
Estampa um rosto de menina.

Um brilho,
Brinca no olhar.
Esperando um abrigo,
Onde possa se abrigar.

Parece cedo,
Acabou de acordar.
Esconde seus medos,
E vai a vida encarar.

No olhar, e nem o sorriso,
Parecem demonstrar.
O quanto será preciso
Para ver tudo passar.

"Mas forte sou,
E forte sempre serei.
Piso forte em quem me magoou,
Não importa se era rei."

"Meu coração tem marcas,
Que são em branco e preto.
Vou colori-las na marra,
Pois é isto que mereço."

Que o mundo desabe,
De amor por mim.
Mesmo que isto me acabe,
Um dia teve fim.

Um comentário:

Renata Boechat disse...

"Meu coração tem marcas,
Que são em branco e preto.
Vou colori-las na marra,
Pois é isto que mereço."