domingo, 28 de fevereiro de 2010

A Estrada

Quero-te junto de mim,
com suavidade e ternura.
Quero-te dentro de mim
Minha alma vivendo com a tua.

Juntos em um só lugar
Juntos em um só ser
Um só se dar
Um só querer

Sem dor.
Sem choro contido.
Só muito amor.
Sem ser reprimido.

Vem viver a dois
Esta aventura maluca
Deixe tudo pra depois
Deixe pra lá esta gente maluca.

Esta estrada não será brilhante
Muito teremos de acertar
Mas juntos a faremos radiante
E a muitos fará calar.

Se quiser tentar venha
Ao meu lado ficar
Não deixe que nada te detenha
Estou a te esperar.

Um comentário:

Lila disse...

Moço, amei isso...é uma pena que nem todos tem a coragem de viver os sonhos, principalmente qdo os obstáculos aparecem.
Bj e semaninha linda pra ti.