quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Há pessoas





Há pessoas que levam.
Há pessoas que trazem.
Há pessoas que negam.
Há pessoa que traem.

Há pessoas que deixam encanto.
Há pessoas que conduzem.
Há pessoas que deixam pranto.
Há pessoas que nos fazem refém.

Há pessoas que vem para completar.
Há pessoas que nos faz sorrir.
Há pessoas que nos fazem desabar.
Há pessoas que só faz ferir.

Há pessoas boas.
Há pessoas demais.
Há pessoas a toa.
Há pessoas eventuais.

Há pessoas que são porto.
Há pessoas que são paz.
Há pessoas que são aborto.
Há pessoas que vão para trás.

Há pessoas que são fantasia.
Há pessoas que muito amamos.
Há pessoas que são nostalgia.
Há pessoas por quem choramos.

2 comentários:

brisonmattos disse...

e há pessoas como você, espantosamente sensacionais.

Um Certo Vestido Azul disse...

Há os que passam, e os que ficam...
uns que morrem sem jamais terem vivido, e os que vivem para sempre dentro dos nossos corações...e esses sim, são o nosso maior perigo...
eu acho!