quinta-feira, 14 de junho de 2012

Vamos Voar

Vem meu amor amigo,
pega na minha mão.
Vem e voa comigo,
sinta toda esta emoção


Vamos para longe,
Onde não haja conflito.
Vamos para onde,
Mora todo infinito.

Deixe o vento nos guiar,
Saboreie toda brisa.
Os olhos poder fechar,
Voar por sobre a divisa.

Buscar o mundo novo,
Onde poderemos repousar.
Enquanto os problemas demovo,
Poderemos enfim descansar.

Construir um paraíso,
Com nosso amor somente.
Esquecer todo o perigo,
Apagar o passado da mente.

Vamos deixar somente,
Nossas mãos com o corpo brincar.
Esquecer que existe gente,
Que só serve para atrapalhar.

Vamos ser como passarinhos,
Ou então como borboletas.
Voar de volta ao ninho,
Ou onde der na veneta.

Um comentário:

brisonmattos disse...

vô não...mas amei a poesia.rs