terça-feira, 27 de março de 2012

Desrotinando

É só um dia que nasce,
Comum, como qualquer outro.
Se você hoje não trabalhasse,
poderíamos nos ver um pouco.

Colocar um par de asas no coração,
Esquecer de todos os medos.
Comer brigadeiro com as mãos,
E ainda lamber os dedos.

Rir de algo acontecido
Ou de alguma burrice que se fez.
Mesmo que seja escondido,
Por vergonha ou timidez.

Falar sozinho.
Ficar de bobeira.
Dar bom dia a um velhinho
Esquecer a pasmaceira.

Olhar o nada...
Ou uma flor simples e bela.
Se imaginar uma fada
Ou uma pintura de aquarela.

A vida é um circo armado,
estamos nós no picadeiro.
Embora se dê um duro danado,
Não recebes pelo que é feito.

Desejos, não precisam de razão.
Emoções, não precisam de motivo.
Basta olhar com o coração
E enxergar um enorme paraíso.

Pegue o brilho de uma estrela,
Tem tantas no céu afinal.
Se vista sem malvadeza,
Coloque um alto astral.

Deixe nascer suas asas,
E voe por onde der.
Vá bem longe nesta estrada,
E seja o que Deus quiser.

2 comentários:

brisonmattos disse...

plac plac plac! bom dia tb

Aninha disse...

Lindo,Lindo e Lindo.Deviamos ser assim com a vida mais vezes. Bjs.