terça-feira, 24 de maio de 2011

A quem se intitula Brison Mattos.

Bom dia a quem se intitula Brison Mattos, que escreve o que quer, ofende, esperneia, grita e se acha certa em suas opiniões e posições tomadas.
Minha cara, ou meu caro, nem sei quem é esta criatura, as posições tomadas são individuais, se por acaso você não concorda com as minhas, dane-se (não usarei as mesmas palavras suas), siga o que achares certo e eu sigo o que eu achar também que é certo para mim
Se não gostas do que lê aqui, para que vem ler?
Só para ficar xingando ou se revoltando e desforrando com palavras de calão sobre o que foi escrito?
Se sou vazio, imaturo e não sei viver a vida, acho que isto é um problema meu e de mais ninguém.
As “coisas” que aqui coloco não significam o que vivo ou vivi ou ainda viverei, apenas são palavra brotadas em diversas ocasiões, e muitas das vezes sem motivo algum, simplesmente são palavras que passearam por minha cabeça e eu as coloquei no papel, só isto. Não significam posições tomadas, direções seguidas ou quaisquer outros tipos de informe para guiar meus passos na vida.
Isto aqui é somente diversão.
E quanto ao seu “adeus”, vá em paz e com Deus acompanhando seu caminho, agora se você é realmente gente, como disse no seu comentário, identifique-se, não viva no anonimato, isto sim é coisa de gente vazia, que não sabe viver em sociedade , que só gosta de criticar e não de receber uma possível critica ou discordância do que fala.
Não postarei seu comentário, pois achei muito ofensivas as palavras ali colocadas e poderia ofender a quem, porventura, passe por aqui para ler este local.

Ah, ia me esquecendo, sou do sexo masculino, como acho que você pode ver na foto do blog, mas como você sempre se dirigiu a mim como pessoa do sexo feminino, chamando-me de amigas várias vezes, vou dizer o que mais.

Aos demais peço desculpas, mas não havia outro canal de comunicação para este tipo de comentário.

Defenderei sempre o direito a livre expressão, seja seu ou de qualquer outra pessoa, agora o direito de agredir de forma gratuita este sempre será combatido por mim.

3 comentários:

Renata Boechat disse...

KKKKK!!!!

Inda bem que não soy jo!!!!

Andradarte disse...

Esse gajo também foi ordinario comigo e eu ando aqui pela net a ver se o descubro....esse cobardolas....
Tenho pena de que não tenha mais conhecimentos, para ver se não dizia nem fazia tanta asneira....~Mas vou continuar tentando....Esse cobardolas.
Desculpe desabafar no seu Blog. Mas ao meu foi hoje....
quer dizer que não desiste.....já anda nisto há anos..

† Salva pela graça † disse...

To acostumada já, faz a mesma coisa no meu blog rs