sábado, 26 de junho de 2010

Você me ensinou

Você me fez gostar de broa de milho,
A comer mais pão de queijo.
A ver que a vida não é só estio
E que quase tudo se resolve com um beijo.

Você me fez viajar mais,
A andar de avião.
Coisa que tinha receio,
Meu negócio sempre foi pé no chão.

Você me fez ter outra visão,
Passei a ver coisas que antes não via.
Viver mais a ilusão
De que sempre haverá mais um dia.

Você me deu muito carinho,
E procurei te dar muita atenção.
De nada adianta ser livre sozinho,
É preciso ter alguém no coração

Agora já vou indo
Com louca vontade de voltar.
Deixo–te muito carinho
Prá logo, logo, retornar.

Levo no peito ansiedade,
E nos olhos, os olhos teus.
Deixo espalhada toda minha saudade
Por este mundo de meu Deus.






E uma chalana fez aumentar a minha dor.

4 comentários:

Majoli disse...

Meu querido Older, linda e triste poesia.
As músicas escolhidas são maravilhosas.
Tive o prazer de assistir um show de Almir Satter no ano passado aqui em Caçapava, foi tanta emoção.

Desejo de coração que estejas bem.

Beijos cheios de carinho nesse teu lindo ♥

Cris disse...

Não esquecer nunca o caminho de volta é vital. Ali, está a fonte de tudo que somos. Nossa essência. Essa saudade que nos norteia.

beijos

Ela disse...

Você num esquece esse caminho de volta de jeito nenhum...tá pensando o que? Joguei miolo de pão...mas as capivaras comeram...aí joguei pedrinhas...tá tudo marcadinho...tem jeito de perder não!!!!

Tem café quente e tem broa de milho...venha sempre!

Endim Mawess disse...

li ao som de bethania e almir sater, isso que é amor verdadeiro que faz agente crescer como ser humano.