segunda-feira, 7 de junho de 2010

De Você

De você quero beijo.
Doce de goiabada,
com queijo,
e quase mais nada.

Quero carinho
e atenção.
Quero dormir
na tua mão.

Quero teu sorriso
Abrindo o raiar de meu dia.
Quero teu corpo
por mais que tardia.

Quero ir na praça episcopal.
Quero ver o por do sol.
Quero comer pipoca com queijo e sal.
Quero ser teu cachecol.

Te ver andando pela rua.
E fazer a janta tua.
Te acarinhar até dormir
e cochilar até você conseguir.

Te acordar com um olhar
Ou um beijo no rosto.
Me deitar no seu amar,
E aproveitar de todo seu gosto.

Quero ouvir você falar,
Nem que seja besteira.
Tua voz me faz acalmar,
Sossegar toda minha zoeira.

Pedir desculpas porque errei
dizer que não foi proposital.
Balbuciar que sempre te amarei
embora você diga que não faz mal.

Você sabe bem
Que o que digo é passado.
Já estava proscrito
Antes de ser divulgado.

Então mal não me entendas,
Sabes que muito te gosto, és meu esteio.
Deixemos de lado as contentas
E voltemos pro devaneio.

2 comentários:

Ela disse...

Tô nem aí, tô nem aí...se é passado ou não, nem quero saber...vivo no presente, e mesmo assim já é muito complicado...

Deixa de bobagem, e vem deitar do meu lado....ah rá...tá vendo? Também sei fazer rima!!!! KKKKK!!!!

Gisa disse...

Uauuu !! que bom querer alguém assim.
Bjao