quarta-feira, 2 de junho de 2010

Dorme . . .

Dorme meu anjo, dorme.
Dorme o sono justo.
Dorme meu anjo, dorme.
Dorme, enquanto te busco.

Descansa amor.
Descansa o corpo,
descansa a alma,
descansa a dor que se acalma.

Amanhã, quando novo sol surgir
você estará melhor.
Velarei seu sono a noite toda
com oração de força maior.

Olha!
Pessoa querida.
Olha o sol que nasceu
em nossa vida.

Mostrando um caminho,
Radiante.
Mostrando bem claro
o que vem adiante.

Deita a saudade
em nosso peito marcado.
Deixa ansiedade
no coração enamorado.

Agora, fecha os olhinhos,
Descansa mais um pouco.
Deixe que te faço muito carinho,
E que sonhe como um louco.


2 comentários:

E. disse...

Bom dia!!!!

Embora cinza e ventoso, que tenhamos nós, um bom dia!

Cris disse...

Há sempre um anjo, sempre um coração que vela nosso sono e sonhos. Meu avô me dizia isso...rs...q eu sempre acreditei. Eu acredito nisso; ainda que nãos eja alguém que se possa tocar, mas há guardiões de nossos sonhos.

beijo grande pra vc