sábado, 13 de dezembro de 2008

Um rio

Já viu um rio?
Eu já, e fico relembrando
o som da água nas pedras,
batendo sem parar,
sempre a correr,
em busca de algum lugar,
sempre a correr,
e nada a atrapalhar.
Buscando, quem sabe,
nesta corrida frenética
um lugar tranqüilo,
um lugar para desembocar
e ali nos seus remansos
poder finalmente descansar.
Assim estou,
como um rio, sempre a correr
buscando sempre um lugar
onde possa descansar
todo meu amor
nos remansos da paixão
buscando um mar de felicidades.

Nenhum comentário: