quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Te Busquei





Te busquei em todo tempo
Até nas geleiras eu fui
Tentei te achar no vento
Mas no vento que não flui

A saudade bate forte
Neste peito todo ferido
Não nem por que sorte
Ele ainda está meio vivo

Mas você se esconde
Por meios todos que pode
Não sei mais aonde
Que o seu tempo explode

Meu coração na ânsia de ser
Tudo aquilo que não podia
Não me deixou ver
O que na cara batia

Um mundo que não deu
Pois era de muita fantasia
Este mundo é só seu
Em suas eternas folias

Ficam só os pensamentos
E a dor no peito meu
Guardando eternos momentos
Neste coração que ainda é teu


2 comentários:

brisonmattos disse...

Eu nunca te procurei
E era Feliz assim
Agora que te achei
Nao sei se te digo sim

brisonmattos disse...

Esse seu porto me assusta
Não sei se dele vc quer sair
Eu gosto da vida mansa
E vc vive de turbulências