sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Onde anda ?





Onde anda a felicidade
Que parece que sumiu
Deixou meu coração
Se foi, partiu

Foi-se embora sem querer
Para trás me deixando
Me largando sem saber
Como posso ir andando

Felicidade que foi minha
E preencheu meu coração
Foi embora sozinha
Me abandonou na solidão

Se um dia te achar
Prometo vou te prender
Nunca mais vou te largar
Se não volto a morrer


4 comentários:

brisonmattos disse...

Fazer FELICIDADE tb é isso
é fazer poesia, se inspirar
Sofrer, fuja disso
Faça isso pra não pirar.

Maria Rodrigues disse...

A felicidade é quase sempre tão breve.
Nostálgico e belo poema
Um abraço
Maria

brisonmattos disse...

E felicidade não é breve não. Vc pode ter momentos de muita tristeza ou apatia e mesmo assim não se sentir infeliz se não quiser.Pronto falei.

brisonmattos disse...

Como o tempo voa...