domingo, 30 de junho de 2013

Tocando o céu





O céu eu já toquei,
Em um único voar.
Foi quando te encontrei,
E descobri o que é amar.

Eram tantos delírios,
Que neles me embriaguei.
Minha vida ficou por um fio,
Quando a ti me entreguei.

Por um momento que fosse,
Não conseguia compreender.
Como uma pessoa tão doce,
Conseguiu me envolver.

Em teus olhos vi promessa,
Promessa de muito amor.
Um amor que já começa,
Despejando seu furor.

Me encontrei no tempo,
Como nunca havia sido.
Fui feliz por um momento,
E depois adormecido.

As promessas que me destes,
Sem nunca as ter dito.
São as mesmas que me despes,
Como se pune um delito.

Largado a própria sorte,
Sem encontrar caminho.
É um sentido de morte,
De viver eterno sozinho.

O céu eu já toquei,
E nunca vou esquecer.
A quem um dia encontrei,
E que amei pra valer.

Nenhum comentário: