domingo, 5 de maio de 2013

O Espelho





O espelho reflete
O motivo de nostalgia
Na cabeça repete
O nome da fantasia

A esperança vazia
Os espaços ocupa
O corpo estazia
Sem motivo de culpa

O reflexo dourado
Do sol que me aquece
É por fim comemorado
Por quem jamais esquece

Num segundo tudo muda
Só a lembrança não sai
Correndo como uma fuga
Fugindo do que não vai

E o espelho repete
O imagem envelhecida
O cabelo embranquece
É o declínio da vida

Um comentário:

aninha disse...

Espelho...reflexo de nós mesmos!!