sábado, 4 de maio de 2013

Fraqueza




Tem dias que o coração enfraquece,
Seu joelho se  dobra.
Toda força esmorece,
E aí ele chora.

Hoje é um deles,
 apertado demais.
A saudade tem muita sede,
A vontade ficou lá trás.

O que é que  se faz,
Nesta hora de dificuldade.
Choro até não poder mais,
Tentando afogar a saudade.

O coração não reage,
O corpo nem se fala.
Só pensa em uma viagem,
Em  voltar a fazer as malas.

Mais a viagem não vem,
E tudo a volta se finda.
Só posso ser um zé ninguém,
Que sonha com coisa tão linda.

Esperar a força voltar,
E levantar a cabeça de novo.
O coração vai sangrar,
Para alegria do povo.



Nenhum comentário: